sábado, 31 de dezembro de 2011

Até sempre...2011! - uma reflexão em véspera de Ano Novo :)


Caros amigos, esta reflexão, acreditem, é das mais difíceis de escrever...porque tenho tanto para dizer sobre este ano que agora finda, que não sei bem por onde começar... 
Não queria entrar também muito em clichés... tarefa difícil esta :)

É quase impossível escolher entre tudo o que vivi este ano...foram tantos e tão grandes momentos!

Vou apenas destacar cinco coisas que por motivos diferentes deixaram uma marca permanente neste ano...

- Cumpri o meu objectivo pessoal da Carta de Condução
-Revi novamente os meus BJ ao vivo
-Reencontrei duas pessoas especiais
-Saboreei momentos especiais com inúmeros amigos
-VIVI!

Também chorei, também me zanguei, também vi tudo negro... faz parte ;) mas é bom para lavar a alma e recomeçar!

Houve alturas que com a pressa de viver, acelerei demasiado...mas reduzi a velocidade a tempo e aprendi a apreciar o caminho :)

Ou seja, foi um ano cheio de aprendizagens (aprendi sobretudo a cuidar do meu jardim!) e porque resumindo:

-Consegui a carta de condução...o que me mostrou que não há impossíveis! 
-Revi os BJ, quando pensei que não os veria nunca mais...o que me mostrou que o Nunca não existe!
-Reencontrei duas amigas e primas especiais...o que me mostrou que o tempo e o espaço não separa nem apaga verdadeiras amizades!
-Todos os momentos que vivi este ano com tantos mas tanto AMIGOS (vocês sabem quem são!), vieram mostrar-me que eu sou tudo menos indiferente a tantas pessoas, que eu deixo uma marca positiva nos sorrisos dos amigos e contagio com a minha energia! E que não preciso de recear perder pessoas...quem é importante fica!!! :)
-E se VIVI, foi porque deixei alguns medos para trás, sacudi lágrimas, meti os pés a caminho, viajei, reencontrei-me, ACREDITEI, SORRI e fui feliz! :)

Até sempre...2011!!! E 2012, prepara-te...vou a caminho! :)

Mikashi

P.S: uma nota particular aos meus primos-manos...entre nós deixou de haver a palavra recordes e tradição...foi-se tudo em tantos dias bem vividos :)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

e.e. cumings - gostei :)

"....não há tolo maior que aquele que não é capaz de puxar o céu para cima de si com um sorriso..."

e.e. cumings

O Amor é...

O Amor é...

"O amor é o início. O amor é o meio. O amor é o fim. O amor faz-te pensar, faz-te sofrer, faz-te agarrar o tempo, faz-te esquecer o tempo. O amor obriga-te a escolher, a separar, a rejeitar. O amor castiga-te. O amor compensa-te. O amor é um prémio e um castigo. O amor fere-te, o amor salva-te, o amor é um farol e um naufrágio. O amor é alegria. O amor é tristeza. É ciúme, orgasmo, êxtase. O nós, o outro, a ciência da vida.
O amor é um pássaro. Uma armadilha. Uma fraqueza e uma força.
O amor é uma inquietação, uma esperança, uma certeza, uma dúvida. O amor dá-te asas, o amor derruba-te, o amor assusta-te, o amor promete-te, o amor vinga-te, o amor faz-te feliz.
O amor é um caos, o amor é uma ordem. O amor é um mágico. E um palhaço. E uma criança. O amor é um prisioneiro. E um guarda.
Uma sentença. O amor é um guerrilheiro. O amor comanda-te. O amor ordena-te. O amor rouba-te. O amor mata-te.
O amor lembra-te. O amor esquece-te. O amor respira-te. O amor sufoca-te. O amor é um sucesso. E um fracasso. Uma obsessão. Uma doença. O rasto de um cometa. Um buraco negro. Uma estrela. Um dia azul. Um dia de paz.
O amor é um pobre. Um pedinte. O amor é um rico. Um hipócrita, um santo. Um herói e um débil. O amor é um nome. É um corpo. Uma luz. Uma cruz. Uma dor. Uma cor. É a pele de um sorriso. "


Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum'
- encontrei no mural de uma amiga no facebook :)Talvez seja a definição mais completa de Amor que encontrei até hoje... Mikashi

domingo, 25 de dezembro de 2011

E neste dia de Natal... - uma reflexão em forma de músicas de NATAL

 
Neste dia em que se se celebra o nascimento de Jesus...renasci no meio de todos os carinhosos gestos de amizade que me proporcionaram uma SILENT/HOLY NIGHT!

SANTA CLAUS CAME TO TOWN....e trouxe-me o calor e a alegria da presença dos amigos...mesmo daqueles mais distantes!

E se senti a ausência de algo em mim...esqueci esses sentimentos que estavam a fazer do meu Natal....um BLUE CHRISTMAS...

E sorri ....pelo meio das JINGLE BELLS :)

E tive um MERRY LITTLE CHRISTMAS!!!

E desejo que em todos os NATAIS vocês, MEUS AMIGOS, estejam sempre comigo...porque ALL I WANT FOR CHRISTMAS IS YOU!

FELIZ NATAL!

Mikashi

sábado, 24 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL :) - uma reflexão em véspera de NATAL


Nem acredito...que estamos no Natal novamente...parece que foi ontem que desejei aos meus amigos um FELIZ NATAL e cá estou eu novamente :)

Não me quero alongar muito nesta reflexão, apenas quero realçar que este ano o meu NATAL foi sentido ao longo do ano durante vários dias...com todos os presentes de amizade que fui recebendo de amigos de sempre, amigos mais recentes e dos novos amigos...que me fizeram sorrir e sentir a FELICIDADE dos pequenos momentos...

Foi um ano especial... em que vivi a AMIZADE de forma intensa e feliz :)

Por isso a todos aqueles que me ofereceram pequenos grandes presentes de companheirismo, união, camaradagem, cumplicidade e amizade....só posso desejar que o vosso NATAL seja sentido no vosso coração com alegria e esperança....e que eu cá estarei sempre para vos receber, com o meu sorriso...

A vossa Mikashi

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Maturidade :)

"A maturidade me permite olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranquilidade, querer com mais doçura."

-Lya Luft-

retirado de http://mundodagislene.blogspot.com/

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Um dia lindo de Sol...um Sonho realizado...




No início deste ano, finalmente tomei a decisão de me inscrever na carta. Ia ser este ano... 

Quando comecei o código, até achei muita piada aquilo..acho que me motivou estudar algo desafiante, matéria nova :) segundo os meus colegas, acho que ninguém estudou o código com tanta vontade como eu! E lá passei...sem nenhuma errada :)

Comecei as aulas de condução...um pânico no início, doía-me o corpo todo, parecia que eu não tinha controlo sobre o carro, enfim, medooo... mas as aulas começaram a correr melhor, o meu corpo a adaptar-se ao carro, eu a ganhar músculos nos braços... e depois de uma série de aulas, de uma série de asneiras, de uma série de inseguranças...cá cheguei...ao dia em que recebi a guia, que me permite conduzir! O meu sorriso parecia enorme de novo e o meu coração saltou de alegria! :)

Conseguiiii!!!!! :)

Quero agradecer a todos os meus lindos amigos que durante este processo estiveram comigo, me incentivaram, não me deixaram desistir e acima de tudo, coitados, ouviram os meus medos, queixumes e momentos de pânico....! Aos meus amigos que mandaram mensagens de força e estiveram sempre presentes :) Um agradecimento mais personalizado a MAF :) - pela insistência diária para que este objectivo fosse alcançado!

A vossa Mikashi

sábado, 3 de dezembro de 2011

Ler, Orar e Respirar - uma reflexão num sábado de Dezembro

não, não é a sequela do livro "Comer, Orar e Amar" ;) mas sim a minha reflexão de hoje :)

Estive a pensar no que preciso de fazer mais, no que ultimamente me anda a fazer falta para serenar esta minha alma irrequieta :)
Cheguei à conclusão que preciso de retomar os meus hábitos de leitura mais assiduamente, há tanto livro bom por aí... e que eu tenho de me actualizar rapidamente, já que sou uma devoradora de boas histórias :) e como diz uma amiga minha, "Um livro é um amigo" :)  E serve para relaxar do dia-a-dia e estimular esta minha fome de palavras :)

Também senti que preciso de me sentar um pouco mais e mais vezes virada para o meu interior e para o meu Deus, um amigo que serena as minhas inquietações e medos. Esses momentos de silêncio e reflexão são por vezes preciosos para acreditar num hoje e num amanhã com Vida, a minha Vida, e na infinita capacidade do ser humano de Amar...se consentir em abrir os braços ao Outro e se perder o medo de se Amar a si próprio... Quando nos temos amor e se partilha esse amor com o próximo, o amor dentro de nós cresce e eleva-nos a uma dimensão superior :), já reflecti sobre esse tema aqui, e vemos um mundo sem barreiras e sem fronteiras...no silêncio da reflexão, senti que o meu amor jamais será perdido, jamais será deitado fora...basta eu acreditar...

Respirar...a última parte desta trilogia... esqueço-me tantas vezes de respirar na minha pressa de chegar a algum lugar.. quando sou abafada pelos meus medos de perda do próximo, quando a corrente de emoções me afoga em correntes de sentimentos... mas tenho aprendido devagarinho a respirar, sorrindo ao mesmo tempo... e a serenidade que se instala transmite-me uma segurança e Paz...que me faz bem :) e me empurra para a frente...para o meu horizonte infinito de Vida, Sonhos e Conquistas pessoais! :)

Mikashi

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

"Manter a Calma"...

Hoje comprei este livrinho...com frases simples e tão banais...mas que muitas vezes esquecemos de as ter em conta..às vezes é bom ter umas páginas para reflectir, sorrir :) e Respirar! :)

domingo, 27 de novembro de 2011

Fora do Casulo...

Durante anos senti-me aprisionada dentro do meu corpo
Imóvel mas podendo-me movimentar
Paralisada mas podendo correr
Imutável mas envelhecendo

Num segundo, vi o meu mundo virar-se de cabeça para baixo
Senti-me a sair do casulo que tinha criado ao meu redor
E a desfazer a teia de sonhos que tinha cristalizado a minha volta
Sorri ao orvalho que me brindou nessa madrugada de renovação

Senti-me a crescer nessa floresta virgem, embrenhada bem fundo no coração da Vida
Toquei os céus só com o meu sorriso e vooei livre por entre as correntes das emoções
Perdi altitude, encontrei tempestades e assustei-me com o ribombar dos trovões
Caí desamparada, a toda a velocidade, sem conseguir contrariar a força da gravidade
Fiquei dias meia inconsciente, encolhida e assustada no meio das árvores mais altas

Um raio de Sol acordou-me, despertou o meu corpo desse torpor e iluminou o meu espírito
Ainda me doía o corpo da queda e o meu coração ainda sangrava do corte que tinha levado
Mas as dores e as lágrimas que escorreram dos meus olhos vazios não me impediram de levantar
De inspirar fundo e começar a caminhar...não sei bem para onde...

Mas vou seguir este trilho desenhado no chão
Que me leva para onde a lua se enrosca nas estrelas e beija o Sol de manhã
Que me leva para onde o desconhecido se cruza com a esperança
E dançam, bem juntinhos, ao som da música das constelações....

Mikashi

Questionário à alma...

Quanto vale a nossa Paz?

Haverá algo superior a isso? 

Fica aqui a pergunta... para quem quiser filosofar sobre isso...

Mikashi

esta semana - uma reflexão num sábado à noite :)

esta semana foi complexa...deixei algum nervosismo, ansiedade e alguma convulsão de sentimentos tomar conta de mim...parece que às vezes entro numa auto-estrada de emoções e que perco um pouco os travões... e depois quando dou por mim já estou a entrar por ruas com sentido proibido... ;)

hoje soube-me bem recuperar alguma rotina e arrumar a casa, coisas pendentes, relaxar e sossegar um pouco esta alma inquieta...enfim...respirar um pouco :)

acima tudo e como me disseram e muito bem...nada muda por alguns planos não se concretizarem imediatamente...continuo a ser sempre a mesma Mikashi... determinada, enérgica e sorridente... e amanhã será sempre outro dia...para um novo Arrancar... :)

Mikashi

terça-feira, 22 de novembro de 2011

"Poesia da Vida" - José Micard Teixeira

"Para sentires a poesia da Vida tens de te envolver dos pés à cabeça numa faixa e rolar por uma duna abaixo, entrar no mar e depois rodares sobre ti até te soltares e, quando estiveres quase sem ar, chegar à superficie e sentires o ar a entrar nos teus pulmões como um sopro de Vida quase perdido. Viver a poesia da Vida é ir até onde não acreditavas poder chegar, é descobrir um sorriso novo numa cara cansada, é amar sem ser amado, é negar sem ver, é acreditar sem ter, é voar sem levantar os pés do chão, é chorar sem querer saber se saem lágrimas, é bater com a cabeça na areia e sentir apenas a textura da mesma, é rodar sobre ti mesmo e ver a mesma paisagem mas de um ângulo diferente, é sonhar sem usar a imaginação, é morrer sem ter medo de viver de novo, é pular um muro sem saber o que está do outro lado, é agarrar a Vida pelas mãos e dizer-lhe: "Amo-te!!! com ou sem significado, com ou sem avisos, com ou sem mudanças, com ou sem ninguém, amo-te pela poesia com que me enches os ouvidos a cada palavra que me atiras ao coração e eu aceito guardá-la, como se fosse o meu maior tesouro. É amar-te não pelo que tu és, mas pelo que eu sou e sinto quando estou a viver-te!"

José Micard Teixeira

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

uma reflexão sobre o Condomínio dos Sonhos

Um novo inquilino habita em mim. Ocupa o seu lugar neste meu condomínio há pouco tempo. Mudou-se lentamente, dia após dia, foi trazendo as suas mobílias, a sua roupa, a sua música.
Senti-o a mudar-se lentamente, já não me lembro quando lhe dei a chave para entrar. Mas sei que ele demorou a decidir morar aqui...precisamente aqui...neste meu corpo & alma donde saem estas palavras.
Pensei até que tivesse desistido de vir...que tivesse de pensar noutra maneira de ocupar este espaço cá dentro. Mas lá apareceu, subtilmente, entrando de mansinho, para não acordar os vizinhos.
 Ainda não vive todos os dias nesta morada ou então viaja muito e desaparece por vezes, em viagens para sítios desconhecidos. Mas sempre que volta, volta com mais presença, mais forte, com mais pertences para decorar este espaço que lhe atribuí. Parece simpático, parece alegre, parece cordial e bem disposto. Gosto disso!

Perguntei-lhe o nome...não me recordava... respondeu gentilmente... "Sou da família dos Sonhos. Os meus irmãos vivem também aqui, espalhados pela tua alma. Sou o mais novos dos irmãos...aquele que não se contenta com pouco, o independente, o que quer ter sempre um brilho nos olhos, o que não quer passar apenas o tempo, o que quer sentir a Vida e vivê-la. O que descobriu que o Amor não é um conto de fadas mas que também não é um fantasma, que será possível senti-lo, basta acreditar...e que pode levar mil anos mas mil anos sobreviverá para o sentir! Que não se arrepende do que viveu e sorri com as memórias mas que não fica preso na gaiola do passado e caminha em direcção a um novo Hoje!
Sou o mais novo..por isso aquele que ainda tem muito para aprender. Mas a família Sonhos não desiste de aprender e muito menos de crescer...depois de mim virão outros mais novos ainda, outros partirão deste condomínio, com a sua missão cumprida..." 
E dito isto, subiu a escada em caracol assobiando feliz...senti-o lá em cima no seu quarto a cantarolar e a arrumar a sua roupa a cheirar a fresco...inspirei fundo e continuei os meus afazeres...com a sensação que estava bem acompanhada...
Mikashi

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

porque é a pura verdade!

"Se, ao acordar, posso escolher uma roupa, posso escolher também o sentimento que vai vestir meu dia.
Se, no percurso, posso errar o caminho posso também escolher a paisagem que vai vestir meus olhos.

A mesma articulação que tenho para reclamar tenho para agradecer.

E, se posso me adornar com a alegria, não é a tristeza que eu vou tecer.
"
-Marla de Queiroz-

(retirado de http://www.mundodagislene.blogspot.com/)



segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Freiheit - liberdade...

respiro uma liberdade que me enche os pulmões de um ar puro...e cheio de vida...uma liberdade que me leva a um conhecimento mais profundo do meu Eu e do Mundo em meu redor

respiro uma liberdade que me faz sentir sem amarras a nenhum porto...a ninguém...apenas uma cidadã do Mundo e deste Universo

respiro uma liberdade que incide sobre mim mesma...livre dos meus fantasmas e demónios...

Vou continuar a inspirar bem fundo e a percorrer com o olhar o meu caminho à minha frente, sentindo, feliz, o chão debaixo dos meus pés, descalços de medo

Mikashi

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Frase citada por um amigo sempre atento.... :)

"Estás aqui para ser feliz!."

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Crescimento exponencial do Amor



O amor multiplica-se de forma exponencial à medida que é oferecido de coração aberto a todos aqueles de quem gostamos...e não falo apenas do amor entre um homem e uma mulher mas sim do amor por cada pessoa que é importante para nós....

Sente-se o coração a bater com mais força e o sorriso a ser cada vez mais iluminado...

Quanto mais amor tivermos para dar, mais amor crescerá dentro de nós...

Se deixarmos o coração esvaziar completamente, ele irá secar e morrer de fome de amor...

Sem medos: sem medo de perder amigos, amores ou pessoas...apenas vivendo esse amor que se alimenta de amor... E que nos empurra para a frente nos caminhos da vida...

E mais importante ainda...há uma divisão do coração que tem de ser dedicada ao amor por nós próprios...que deve ser cuidada, arejada, na qual devemos deixar entrar o vento fresco e a luz do sol, onde nos devemos recolher e sentir protegidos...por isso guardem uma divisão bem grande para si próprios...e visitem-na regularmente... :)

pronto, hoje apeteceu-me filosofar sobre isto! :)

Mikashi

domingo, 30 de outubro de 2011

Um presente Culto, Louco & Iluminado :)



Um presente que me deixou com um sorriso do tamanho do Universo :) e que não podia deixar de vir aqui para o meu cantinho :)

A vossa Mikashi

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Quando...

Quando eu perceber que os meus medos não são mais que nuvens de fumo e não paredes de cimento...talvez aí eu me atreva a dar o grande passo em frente...

Mikashi

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

The Fray - Happiness - O que é a felicidade?



O que é a felicidade?
É algo que é quantificável?
É algo que pode ser igual para todos nós?
É algo que é imutável?

Não...

É talvez dos conceitos mais abstractos e diferente ao longo da vida para cada um de nós...

Já fui feliz ao ver o meu lindo bolo de anos quando tinha 4 anos, no teatrinho do infantário, nos passeios com as minhas primas, ao comprar o último cd dos Bon Jovi que me faltava para completar a colecção, ao entrar para a Universidade, ao acabar a Universidade, ao ter o meu primeiro artigo, na minha primeira viagem aos Estados Unidos, ao acabar o doutoramento, na minha ida à Sintra...
Momentos tão diferentes mas todos igualmente marcantes...

A felicidade são momentos, são como o nascer da borboleta, ganhando asas e voando... são como o pôr do sol, momentos que duram apenas uma fracção de tempo mas que ficam guardados na memória...

Há uma coisa que não muda jamais no meu conceito de felicidade...é a partilha destes momentos com amigos, pessoas especiais que salpicam a minha vida de momentos de felicidade tão grandes que se instalam no meu coração e me fazem sorrir .... e muito....

e pronto, hoje apeteceu-me filosofar sobre a felicidade... :)

Mikashi

domingo, 9 de outubro de 2011

voando.... :)

"Para voar, é preciso primeiro criar espaço livre para que as asas se possam abrir... para voar, é preciso começar por correr riscos."

Jorge Bucay

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Falcão - Voa livre...



Vejo o grande falcão planando livre
Nos céus infinitos, ao sabor do vento

Estou deitada num imenso campo verde,
Aconchegada entre perfumadas flores silvestres
Vejo o poderoso falcão lá em cima, majestoso e decidido
Fecho os olhos e voo também para longe, para mais além
Viajo velozmente para o limiar do passado e do futuro
Mas sem quebrar a barreira ténue deste meu hoje, presente

Vejo o mágico falcão transportar nas suas asas
Heranças antigas de amores e batalhas perdidas
Vejo-o a continuar a subir alto nos céus
Voando para além do rugir dos trovões
E a quebrar a ilusória linha das fronteiras

Fecho de novo os olhos
Sonho com o que está longe de mim
Mas não esqueço o que vive cá dentro...

Mikashi 

Curiosidade: estas palavras foram hoje adaptadas de um texto meu de 2007...como noto diferença no tom positivo que hoje transmito, nas palavras que deixei ficar...guardei o que tinha escrito há 4 anos, como memória de um tempo a que não quero voltar...um tempo em que tinha medo, em que a esperança era uma utopia e os sonhos abafavam-me...hoje...sou livre...para sonhar até ao infinito do Universo :)

sábado, 1 de outubro de 2011

Midnight in Paris - uma reflexão sobre Paris, o Amor, os Sonhos


Um filme que vi a semana passada em boa companhia :) e que me deixou encantada com a Cidade-Luz...com os pequenos pormenores, com a variedade de excelentes personagens que fizeram história na Paris dos anos 20...um filme delicioso...que no final, quando as luzes acenderam me fez dizer: Oh, já acabou?  - Porque não adianta querer viver noutras épocas...é o presente que conta...e é no presente que devemos querer encontrar os nossos Sonhos...
Mikashi

 Ernest Hemingway & o Amor & a Vida: "All men fear death. It's a natural fear that consumes us all. We fear death because we feel that we haven't loved well enough or loved at all, which ultimately are one and the same. However, when you make love with a truly great woman, one that deserves the utmost respect in this world and one that makes you feel truly powerful, that fear of death completely disappears. Because when you are sharing your body and heart with a great woman the world fades away. You two are the only ones in the entire universe. You conquer what most lesser men have never conquered before, you have conquered a great woman's heart, the most vulnerable thing she can offer to another. Death no longer lingers in the mind. Fear no longer clouds your heart. Only passion for living, and for loving, become your sole reality. This is no easy task for it takes insurmountable courage. But remember this, for that moment when you are making love with a woman of true greatness you will feel immortal." - in Midnight in Paris 

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Crescer (retirado de um blog)

"Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. O adversário somos nós mesmos."
Martha Medeiros 

- O meu coração e a minha alma são infinitos...e cada dia sinto que crescem um pouquinho mais... - Mikashi :)

domingo, 25 de setembro de 2011

perguntas....


a minha alma inquieta desperta no meio de uma multiplicidade de perguntas que cercam os meus pensamentos...porquê é por vezes a pergunta que ecoa nos labirintos e recantos do meu Eu...

fujo a essas perguntas, interrogações mas elas acordam-me no meio dos meus sonhos...sorrindo para mim, com ar malicioso...

descansa alma minha...deixa-te de interrogar tanto e flui com o som da maresia...

Mikashi

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

I love me....


 - roubado do mural da prima S. :)

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Relacionamentos

"Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos.... que pena... acabou...
- é... não deu certo...
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ????"

Arnaldo Jabor



 
 (encontrei no mural de um amigo e sorri!)

domingo, 18 de setembro de 2011

Hereafter (Uma outra vida): uma reflexão sobre a dicotomia Vida/Morte

Ora bem, andava há meses para ver este filme. Por duas razões: primeiro, porque a questão da vida após a morte é um mistério que acho que fascina a maioria das pessoas, eu incluída. Segundo porque sendo o realizador o Clint Eastwood, achei que não ia ser um filmezeco qualquer.

Finalmente consegui! Arrumando já com uma nota mais negativa, pensei que o fim fosse ser mais forte, confesso que estava à espera (não de respostas) mas assim de algo com mais impacto. 

Mas gostei da maneira como foi embrulhada a última parte do filme- suave, delicada e fez-me sorrir. No geral, gostei muito do filme e quanto às interpretações: excelentes!

Gosto dos filmes que mostrem as ironias da vida...ironias nem sempre alegres...a morte do irmão mais corajoso, um dom que se transforma em maldição... e como uma experiência quase-morte faz alguém ver os seus pilares ruírem para depois renascer.

Quanto à experiência de quase-morte... tanta gente já a sentiu...tanta gente já esteve do lado de lá...mas o facto é que continua a ser um mistério enorme. 
Um dos personagens do filme achava que a morte dava lugar a um cenário escuro, vazio, a um fim de tudo basicamente. Não concordo. Não sei o que encontraremos depois...mas a nossa alma, a nossa energia...algo terá de perdurar. Se era bom saber o que há depois? Talvez fosse...mas se calhar isso destruia um pouco a força da vida presente! 

E sabem que mais? Haja o que houver...aproveitem mas é o AGORA. Cuidem de si próprios. Acreditem. E sigam os sinais do destino...foi o que as personagens  do filme fizeram! 

Mikashi

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Eu já fiz a minha escolha :)

"There comes a time in your life, when you walk away from all the drama and people who create it. You surround yourself with people who make you laugh. Forget the bad, and focus on the good. Love the people who treat you right, pray for the ones who don't. Life is too short to be anything but happy. Falling down is a part of life, getting back up is living. ...Being alive is a gift, living life happy is a choice... :)"
(retirado de um mural no facebook...)

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Barquinho de papel


a noite já está cerrada...por hoje chega de remar...pouso os remos...encosto-me nesse meu barquinho feito à minha medida e olho as estrelas desenhadas à mão no meu céu dos sonhos...

Inspiro suavemente e fecho os olhos...o ondular da maré embala-me num torpor que me conduz até a um sono bom...

nesse meu barquinho de papel descanso por hoje...quando os primeiros raios de Sol raiarem, irei sentir a magia de um novo dia a tomar alturas no Universo que me abraça, de cada vez que os remos tocam as águas...

Mikashi

domingo, 11 de setembro de 2011

A música que me acompanhou neste fim-de-semana...



"Um deste dias vou poder
apaixonar-me outra vez
sem me importar de saber
se vai durar um ano ou um mês (...)

(...) Um destes dias vou ser capaz
de encontrar a felicidade
avançar em marcha atrás
ir de verdade em verdade"

sábado, 10 de setembro de 2011

Por 10 anos que passaram - 9/11 e por um Mundo em Paz




Por todos aqueles que morreram naquele dia...e por todos aqueles que morrem todos os dias pelas mãos do Ódio, da Vingança, da Ambição, do Fundamentalismo a todas escalas...

Que a Paz e a Esperança nunca deixem de brilhar nos olhos daqueles que não deixaram de acreditar (como eu) num Mundo melhor! Mikashi
------------------------------------------------------------------------
"That was my brother lost in the rubble
That was my sister lost in the crush
That was our mothers, those were our children
That was our fathers, that was each one of us
A million prayers to God above
A million tears make an ocean of
Chorus:
One for love
One for truth
One for me, one for you
I found spirit, they couldn't ruin it
I found courage in the smoke and dust
I found faith in the songs you silenced
Deep down it's ringing out in each of us

Yeah... yeah, yeah, yeah, yeah
Chorus:
One for love
One for truth
One for me, one for you
Where we once were divided, now we stand united
We stand as one... undivided.
How many hands? How many hearts?
How many dreams been torn apart?
Enough, enough... the time has come to rise back...
"



Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar... (MEC)

"Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso paciência. O pior é que vivemos tempos imediatos em que já ninguém aguenta nada. Ninguém aguenta a dor. De cabeça ou do coração. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguem antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar.

É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si , isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução.
Não adianta fugir com o rabo à seringa. Muitas vezes nem há seringa. Nem injecção. Nem remédio. Nem conhecimento certo da doença de que se padece. Muitas vezes só existe a agulha.

Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado.

O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar."

Miguel Esteves Cardoso, in 'Último Volume'

terça-feira, 6 de setembro de 2011

domingo, 4 de setembro de 2011

Assim é o Amor... (Salvador Dali)


Fiquei fascinada por este quadro.... é simplesmente magnífico... 
(Obrigada à Elisabete Gonçalves que mo deu a conhecer...)

Mikashi

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

um poema de uma amiga - Heloísa Schüler Lange - que me tocou...

"Voltando ao campo florido
para colher margaridas
e cantar cantigas
andei pelo breu
achei não conhecer mais meu eu

Porém aprendo sempre
que, todos, um dia são feridos
e os cortes que causam dor
são, muitos, a nosso favor
cortes que nos salvam
são iluminados de amor..."
Heloísa Schüler Lange
(obrigada por me deixares colocar no meu cantinho...)
 

terça-feira, 30 de agosto de 2011

PARABÉNS LIZ!!! :)

Com um enorme beijinho e um abracinho de PARABÉNS a uma amiga muito especial!!! :) :) :)


domingo, 28 de agosto de 2011

"Love and Other Drugs" - o filme - uma reflexão sobre a Vida


Pois que este sábado foi caseiro e aproveitei para ver mais um filminho (coisa que tanto me agrada)!

O escolhido foi "Love and other drugs", traduzido para Português como "O amor é o melhor remédio" e que foi recomendado por um bom amigo. Ok, nestes dias não estou muito virada para comédias românticas mas esta atraiu-me por abordar um tema que tem a ver com a minha área de estudo: as doenças neurodegenerativas, neste caso, a doença de Parkinson.

Adorei o filme, adorei os actores, adorei a história e o que nos faz pensar...acho também que foge um bocadinho à levezinha comédia...

Já li críticas a dizer que deveria abordar mais a doença mas acho que retrata algo também importante que é a decisão de ficar com alguém que se sabe ser "the One" mas que também se sabe que lhes aguarda um futuro incerto, doloroso, marcado pela doença e pela incapacidade. Ou seja a decisão à priori...a aposta no desconhecido e no vamos lá ,que vamos conseguir...

Achei isso excelente...e é isso que me traz a esta reflexão...as pessoas com doenças neurodegenerativas, com incapacidades, ou com deficiências têm todo direito a ser felizes, a ter alguém que cuide delas, que as incentive, que acredite nelas...porque ao fim e ao cabo todos temos um coração... O meu é igual ao teu, caro leitor, mesmo que sejas mais alto, mais forte, mais rápido, mais saudável.

Gostei também da perspectiva de que nem sempre ser o mais bonito, jeitoso pode ser sinónimo de auto-estima..a personagem masculina do filme tinha uma auto-estima mais baixa que sei lá o quê...a vida é curiosa...

Tomar conta de alguém com uma doença incapacitante poderá ser uma tarefa árdua, desgastante mas todos os momentos de felicidade partilhada e as pequenas vitórias poderão sobrepor-se a isso...

Ok, podem achar a reflexão lamechas mas é a minha visão do que é vida a dois...o arriscar, o partilhar, o cuidar acima de tudo e contra qualquer coisa.

Mikashi

Termino aqui deixando as citações finais do filme... (fonte: IMDB)

Jamie Randall: You need someone to take care of you.
Maggie Murdock: No, I don't!
Jamie Randall: Everybody does.
Maggie Murdock: I'm gonna need you more than you need me.
Jamie Randall: That's okay.
Maggie Murdock: [crying] No it's not! It isn't *fair*! I have places to go!
Jamie Randall: You'll go there. I just may have to carry you.
Maggie Murdock: ...I can't ask you to do that.
Jamie Randall: You didn't. 
 
 http://www.youtube.com/watch?v=PFaPP7o6-ZM&NR=1

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Parabéns!

e embora nunca tenha visto o pôr-do-sol contigo, sei que tu, Pai, estavas sempre lá...ao meu lado...

e embora não te consiga abraçar, consigo ver-te sorrir...

e embora não me consigas responder, sei que os dias têm um pouco de ti...

Basta fechar os olhos e acreditar....

Mikashi

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Assim será!

... as long as my heart keeps on bangin' I got a reason to believe...

....enquanto o meu coração continuar a bater, tenho uma razão para acreditar... 

(Bang a Drum - JBJ)
 
Mikashi

domingo, 21 de agosto de 2011

Palavras...

Reli palavras escritas noutras eras
Como parece que fazem parte de outro Universo
Como se tornaram pó, cinza e fragmentos 
De uma outra vida que sonhei ser minha
E foi...durante a passagem de um cometa
Que deixou para sempre a sua marca
No mapa da minha galáxia de sonhos...

Mikashi

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Moínho...


O rio de água fria que atravessa a minha Alma vai servir de energia para movimentar as pás do meu moínho da Vida ao som do Vento do meu Destino...

Mikashi

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

E Tudo o Vento Levou... - Scarlett O'Hara

Se me perguntassem qual é a minha personagem favorita de todos os tempos, de um filme, eu nem hesitaria em responder que é a Scarlett O'Hara :)

Ok ok, é uma menina mimada, com uns toques de egoísmo à mistura mas é fabulosa!
Toda a sua coragem, determinação e o nunca baixar os braços fazem dela a minha heroína. 
Tem uma garra e uma força que a todos atrai!

Só cometeu o erro de achar que amava um homem que era o errado... mas ninguém é perfeito.

Ontem tive oportunidade de rever o filme e não me canso de admirar esta mulher...

E tal como ela sempre disse, fosse qual fosse o problema: Amanhã é outro dia! ... e assim é de facto!

Mikashi




domingo, 14 de agosto de 2011

Questão para filosofarem...

ora pois que me surgiu uma questão que deixo aqui à vossa consideração para filosofarem...

- porque é que o Amor de repente se tem de tornar um cão abandonado que se deixa à sua sorte numa rua deserta num dia de Verão?

Boa noite e bons sonhos...

Mikashi

sábado, 13 de agosto de 2011

Nº20 - Pedro Abrunhosa e Sandra de Sá - Não sei quem te perdeu



Hoje apeteceu-me retomar aquele meu desafio das 30 letras mais fortes para mim...

Hoje em Português...hoje com uma música e letra que me fazem fechar os olhos e sonhar...

"Eu não sei quem te perdeu

Quando veio,
Mostrou-me as mãos vazias,
As mãos como os meus dias,
Tão leves e banais.
E pediu-me
Que lhe levasse o medo,
Eu disse-lhe um segredo:
"Não partas nunca mais".


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Celebrando a amizade!


Há um ano atrás... corria o mês quente de Agosto...quando recebi de braços abertos, uma visita que viria acrescentar algo de muito bom à minha equipa de amigos...

Com ela, veio uma série de ingredientes fundamentais: Paz, ombro amigo, risadas, companheirismo, confiança, partilha e uma amizade que não precisa de justificações, explicações ou cerimónias...

Assim é uma linda amizade e neste dia em que se celebra essa data, quero dar um ABRAÇO a todos os que partilham comigo o trilho da amizade, de coração aberto e sorriso nos lábios!!! :)

Mikashi

terça-feira, 9 de agosto de 2011

estilhaços


parto os vidros deste quarto vazio...
entra uma luz ténue pelas frinchas da janela estilhaçada
quebro o que resta da vidraça já partida...
o Sol entra em força e reflecte as sombras deste quarto escuro
espreito para o mundo lá fora
ouço os vidros caídos no chão a partir debaixo dos meus pés...
e de uma janela consumida pelo tempo construo um vitral de cores múltiplas..

Mikashi

um encontro com um peregrino...


Não há coincidências...assim acredito eu...

Tenho um amigo a fazer o caminho de Santiago...e um num dia destes fui à baixa da minha cidade e deparo-me na parede de uma igreja com a marca do caminho, a inconfundível seta amarela que indica o caminho aos peregrinos. Sorri, ao pensar no meu amigo e nos seus colegas de peregrinação.

Entrei na igreja, como muitas vezes gosto de fazer, à tarde, inspirando o silêncio pacificador daquele local. Mas a igreja não estava vazia... Estavam a celebrar missa, já no final da celebração. 

De repente, o padre pede para abençoarmos todos os peregrinos que por esta altura se deslocam aos locais sagrados. Sorri de novo...e senti o meu coração encher-se de uma grande alegria.

E especialmente, o padre pediu para abençoarmos um peregrino que se encontrava ali, que tinha vindo da Alemanha e se dirigia para Jerusalém.
Ao cumprimentar o peregrino desejei-lhe que ele fizesse uma boa viagem, mas quando lhe apertei a mão, desejei mais do que isso. No meu interior, desejei que ele levasse com ele, um pouco da minha busca pela minha Paz, Serenidade e Amor...

Não sei se esses meus desejos vão chegar ao destino...mas pelo menos senti que o meu coração ficou mais em Paz e que o meu sorriso se revestiu de Esperança...

Mikashi

(não costumo entrar em pormenores religiosos neste meu cantinho mas não pude deixar de partilhar a Paz que senti naquela tarde...)

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Eu, o FP & 5 dias inesquecíveis!

"Trago dentro do meu coração,
Como um cofre que não se pode fechar de cheio
Todos os lugares onde estive
Todos os portos onde cheguei"

FP

sexta-feira, 29 de julho de 2011

eu a cuidar de mim!

a vida tem-me ensinado muita coisa, por vezes com alguma mágoa mas assim é o caminho da aprendizagem...começo também a perceber que há certos feelings ou pressentimentos que tenho que acabam por ser verdade... 

talvez se eu ouvir mais o meu coração e não os meus sonhos..comece a ver aquele lindo céu azul por detrás de alguns dias de nevoeiro...

podem-se perguntar mas os sonhos não fazem parte do coração? por vezes não...por vezes os sonhos ofuscam o que o coração nos está a tentar dizer. Não é o coração que nos atraiçoa mas a vontade/sonhos que algumas coisas sejam reais...mas afinal desfazem-se em pó por entre os dedos das mãos...

Vou ouvir mais o coração e colorir os meus sonhos com uma poção da cor da vida :)

Mikashi

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Hoje

Hoje sei que remei um pouco mais para fora da zona de rebentação... olho para trás e sorrio porque vejo o lugar do meu barco bem vísivel nesse porto onde tive abrigo...sei que esse lugar vai estar lá sempre e inspiro profundamente...

Remo com mais força...Há que passar essa zona rebentação e dirigir-me ao alto mar...

Sozinha terei de encontrar o trilho por entre as estrelas...

Mas vai valer a pena, assim como valeu tudo o que vivi até agora....

Mikashi

segunda-feira, 18 de julho de 2011

apenas umas linhas...

e as horas vão passando...em mutação constante dos minutos que atravessam os dias...
nada do que foi voltará a ser...nada voltará a ter aquele sabor primeiro..
em que um aroma mais forte despertou os receptores do olfacto e provocou um solavanco no coração...
nada do que foi voltará a ser... para dar lugar a novos segundos de sonhos e inquietações...
abro a torneira logo pela manhã e deixo que a água inunde de sorrisos essas horas que afagam o pulsar da vida...

Mikashi

domingo, 17 de julho de 2011

Uma reflexão em forma de Plasticina...


às vezes acho que temos momentos Plasticina...
em que com um dedinho podemos ser comprimidos contra o chão
ou se for um dia bom, podemos elevarmo-nos até ao céu infinito da matéria....
podemos ser tingidos de mil e uma cores e banhados na tinta do rio da Vida...
mas cuidado para não nos tornarmos uma amálgama de cores indefinida e abstracta...
com o tempo a plasticina vai secando e perdendo a sua capacidade flexível...
não deixemos que o tempo seque a nossa essência e que o pó nos cubra...
deixemos que a mudança ocorra sempre que as curvas da vida o pedirem...
e mesmo que numa primeira fase, a nova peça não fique bem do agrado...
amanhã é um novo dia e nova inspiração surgirá...

Mikashi

terça-feira, 12 de julho de 2011

Fernando Pessoa - meu ídolo :)

"Quero ser o teu amor amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amor amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias..."

Fernando Pessoa

domingo, 10 de julho de 2011

esperança...

não gosto quando sinto a esperança cansada, sem fôlego...nessas alturas desejo que o amanhã venha depressa para ver se durante a noite a esperança ganhou um novo brilho das estrelas...

Mikashi

sábado, 9 de julho de 2011

Berlim - the end of a journey

 Porta de Brandenburgo

e como o prometido é devido...(tal como o grande Senhor Rui Veloso gosta de nos (en)cantar), aqui fica um pouco do que consigo partilhar com vocês do que foi esta viagem até terras germânicas... não consigo descrever em palavras na totalidade tudo o que vi e vivi...mas aqui fica um resumo...

Parti do meu Porto de Abrigo com uma sensação boa, uma sensação que queria aproveitar cada bocadinho e momento desta viagem. Parti com a sensação que tudo ia correr muito bem, uma sensação de tranquilidade que há muito não sentia...

Encontrei uma cidade totalmente diferente de Heidelberg, a única cidade que conhecia até então da Alemanha. Encontrei uma cidade muito mais cosmopolita, muito maior, onde a tradição, a história e o moderno se conjugam, encontrei uma capital europeia!

Para além dos impressionantes arranha-céus com uma arquitectura que me agradou, sem dúvida o que me marcou mais foi estar junto a locais que marcaram a história da Alemanha e Mundial. Locais que representam a dualidade entre a opressão e a liberdade. E sorrir a essa liberdade, que devemos preservar com todas as nossas forças! 

 East Side Galley - Muro de Berlim 

O meu nome eternizado no Muro :)

Encontrei também locais onde a Antiguidade ganhou raízes, nos maravilhosos museus que povoam esta cidade. E para uma apaixonada por História como eu...nada melhor! :)

 Die Siegessäule auf dem Großen Stern

E foi aí que me dei conta novamente: como é bom estar viva, sentir a Vida dentro de nós e poder viver estes momentos que se eternizam na nossa memória. Não interessa o que nos falta, o que ainda desejamos...devemos sorrir ao que está mesmo em frente a nós...e viver este presente com muita garra, sentindo com todos os sentidos...

Auf Wiedersehen Berlin :)

Mikashi

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Nº 21- Ricky Martin feat. Joss Stone -The Best Thing About Me Is You



Já tinha saudades do meu desafio que ainda está a decorrer... músicas com letras fantásticas...
Esta além da letra tem um som mto cool, apropriado para manter a boa disposição :)

E PORQUE VALE A PENA VIVER E ACREDITAR...gosto desta letra...ENJOY!

"I'm as happy as I can be
Cause I'm allergic to tragedy
The doctor says something's wrong with me
The smile on my face has no remedy


So Baby, don't say no
Come on and just say yes
You know it's time to keep it simple
Let's take a chance and hope for the best


Life is short, so make it what you wanna
Make it good, don't wait until mañana
I think I'm cool cause your name's on this heart shaped tattoo
The best thing about me is you"

domingo, 3 de julho de 2011

tique-taque...


nada sei sobre o depois do amanhã...muito menos sobre o futuro que me aguarda ali mais à frente...

mas há uma certeza que me envolve nos dias de hoje...a cada badalada do relógio da Vida algo vai mudando...

e à medida que as horas vão passando e vão-se diluindo por entre o tique-taque do Universo...

sinto orgulho dos minutos em que me vejo a sorrir, a abrir os braços e a sentir o vento do destino, caminhando em busca daquilo em que acredito...

Mikashi